Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

GLOOMY

 

Certas noites, no plasmar

do sonho

do tempo errante que foi, memórias

agudas espelham

insónias esculpidas

em desmaios de mim.

Certas noites, em arrulhadas

de azul, aprendo o que não fui

vejo o que não sou, alivio

no imenso livro

vidas que jazem, etéreas,

em alvas páginas

no profundo silêncio

da solidão apagada.

Certas noites, entre clareiras

de sons, adivinho

o deslizar do vento

o calor de outras mãos, que

noutro espaço, noutro tempo,

estas folhas irão tocar, estas folhas

onde agora os meus dedos

se movem

e estas vidas, que apesar de mortas

nunca morrem.

 

Tindersticks- Another Night In

Foto: Verme

 

 

 

 

 

publicado por Sara Rocha às 16:40
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds