Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009

EFÉMERO

 

 

...é uma espécie de saudade.

 

Nenhuma palavra.

Nenhuma lembrança.

Apenas o raiar de um sol

num crepúsculo de tempo, que

a solidão da lua, na redoma

calada do silencio, eclipsou.

Feroz mágoa crua, que afiada,

despedaçou imagens douradas

que ontem tinha.

Hoje, vazia, já não sou,

aquela que de escarlate, feliz

percorria

um destino

numa praia que em paz dormia,

perdida, num sonho sem voz,

intenso,

repleto de nós.

Um naufrágio de tempo

que se diluiu.

Um recanto

de vida, que

num assombro de palavras,

frágil se extinguiu

numa obstinada

imagem, que, de tão breve,

nem sei se existiu.

 

 

 Leonard Cohen - dance me to the end of love

 Foto: Graça Loureiro

  

 

 

publicado por Sara Rocha às 15:33
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds