Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Vício negro

Foto: José Ferreira

 

Vício negro

coberto de nada

não é dia, é noite

escura e fria

num céu sem anjos

que num arrepio de medo, a luz enfada.

Este vazio de noite...

vai carpindo o dia que findou,

devagar,

apaga o tempo

mergulha numa tela sem cor

e um sabor de cinzento

invade, cru...lento,

o imenso azul que acabou.

Negra noite onde não estou,

feita de sons

e barafundas de silêncios

que num crepúsculo de sol, a lua

mansamente envolveu,

...neste vício negro que ficou, e é só meu.

 

Willy DeVille - Heaven Stood Still

 

 Sara e Fernando Farinha

 

Quem desejar comentar este post, poderá faze-lo por email.

 

publicado por Sara Rocha às 14:35
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds