Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

En passant

Foto: Sara Sá

 

Há uma mulher oculta

num segredo de corpo,

num fractal de mente

isómero

mas que ninguém sente.

Minúsculos pontos vermelhos ressaltam

ao longe na névoa

e na noite varrida da vida

da vida vadia

onde folhas mortas e secas

voam

como loucas

e colam-se

nas botas de verniz

que perdidas, caminham nas ruas

vazias e molhadas de Paris.

Há uma mulher oculta...en passant...

serena,

bela é de ver,

difícil de sentir,

impossível ...de a ter.

Rodrigo Leão & Beth Gibbons / Lonely Carousel

 

 

 

 

 

publicado por Sara Rocha às 15:01
link do post | comentar | favorito
|
37 comentários:
De Alazão a 7 de Outubro de 2008 às 16:25
No meu último comentário falei de estética. E uma vez mais tenho de me repetir: esteticamente perfeito, bem escrito, bem ilustrado e com adequado acompanhamento musical.

Você tem uma capacidade ilimitada. Parabéns.
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:25
Fico feiz em primeiro lugar por o ter aqui, gosto de o ler ;-) e é gratificante saber que gosta do post.
Muito obrigada Alazão.
De Manuel de Aguilar a 7 de Outubro de 2008 às 16:29
Isto é o que eu chamo o post perfeito.
Você é surpreendente.
20 valores!


Manuel de Aguilar
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:27
Obrigada Manuel, como 20 valores é muitoooooo, espero manter no próximo....
Um bem-haja para si Manuel!
De J.J. a 7 de Outubro de 2008 às 16:52
RetratoDoInferno:
Apetece-me apenas dizer:Iam a poor lone some cowboy,far away from home...
(Por aqui passei...bebi o silencio das palavras)
J.J.
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:29
...e espero que tenha gostado JJ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Obrigada pela visita e pelo comentário.
De nuno gomes a 7 de Outubro de 2008 às 17:49
Adorei! Estás ao melhor nível (ao teu nível, melhor dizendo). Lindo, lindo, lindo. Mais uma vez, enormes parabéns!!!!
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:31
Esse comentário merece o meu melhor sorriso Nuno,
obrigada por tudo!
De Aníbal Coutinho a 7 de Outubro de 2008 às 18:59
Você além de escrever muito bem, tem um sentido de estética e um bom gosto inimitável.
Só lhe digo que adorei, adorei adorei!!!
Que belo este seu post, Sara.
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:33
Grata por saber que gosta do que escrevo Aníbal!!!!!
De Pedro Salvador a 7 de Outubro de 2008 às 19:56
O melhor post dos últimos tempos Sara.
O poema é genial porque ao mesmo tempo une sensualidade, sensibilidade e uma inteligencia da sua parte que quase tangencia a genialidade.
A fotografia e a música estão perfeitas para o seu post!
Os meus parabéns!
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:35
O pedro é um simpatico :-)
...espero que continue com a mesma opinião.
Muito obrigada pela visita!
De Fernando a 7 de Outubro de 2008 às 20:56
Um lindo poema. Tem música do principio ao fim.

Parabéns Poetisa

Lobo das Estepes
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:37
Obrigada Fernando, fico feliz por teres gostado deste post.
Um bem-haja para ti!
De Infinito a 7 de Outubro de 2008 às 21:49
MAGNÍFICO.
Os seus poemas fluem de uma forma perfeita.
Em poucas palavras, consegue fazer ver pessoas, ´lugares...sentir sentimentos, provocar desejos...
A Sara é especial....
Não seja como a personagem....viva a vida com a intensidade, o prazer, a força com que escreve ...deixe que a tenham..nem que seja como poetisa de eleição que é;-)
Foto provocante. Música linda. Poema fabuloso...PARABÉNS
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:42
Obrigada Infinito!
Gosto muito de o ter aqui, espero continuar a ir ao encontro das suas espectativas.

De Banderas a 7 de Outubro de 2008 às 22:58
A pedido... aqui vai.

En passant... não me seduz.
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:45
...pode ser que goste do próximo.
Obrigada pelo seu comentario Banderas.
De Laranja Mecanica a 8 de Outubro de 2008 às 11:05
Está fabuloso!!!!
parece que oiço os passos dela de tão bem escrito que está.
A música e a foto 5*****
Boa, nina linda!!!!!!!!!!!!!!

(O Banderas quer ser seduzido eh eh eh)
De Sara Rocha a 8 de Outubro de 2008 às 11:47
Ai, ai, ai Laranjinha....

Obrigada pela força, e fico contente (muito) que gostes do que escrevo.
De Banderas a 8 de Outubro de 2008 às 16:46
Boas.

Tens que ler as entrelinhas. Por muito que me esforce não consigo decifrar ...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds