Sexta-feira, 8 de Maio de 2009

instante

 

Por vezes consigo olhar

e ver,

extensas praias ausentes de mar

que rasgam, melancólicas,

o andar do tempo.

Devassos silêncios de entorpecidas

memórias que não são, senão

um pedaço dormente

de um sonho de amar.

Por vezes consigo acordar

e sentir,

o profundo olhar que me observa

e, na desordem urgente das palavras,

invento um instante, um momento

diáfano,

do qual fujo

à velocidade da minha solidão.

 

Henry Mancini - Theme from sunflower

Foto: Graça Loureiro

 

publicado por Sara Rocha às 11:02
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds