Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Diadema

 

Conheço o teu céu,

sei os teus desmandos

o tic tac do tempo ainda está parado

no lugar, onde o silêncio mora,

e o querer solitário,

escancarado de tão só

que é,

esquece,

reinventa a demora.

Conheço o teu sol,

sei-o perdido, algures

entre o meu céu e o teu mar,

e o húmido oxigénio

levo-o comigo, em memórias

que são, resquícios

de um olhar, perdido

em fragmentos de sombra

num lugar por nós esquecido.

Conheço o teu mar

de vermelho crivado

por um sol,

e de vento arrepiado,

que toca ao longe

num céu, que arrasta um eco,

um murmúrio de sal, que se entranha

em latejos de som, anuncia em rajadas

o prólogo de um fim,

e esvai-se, galvânico,

num estilhaço de mim 

 

 

Pavlov's Dog - Theme From Subway Sue

Foto: José Canelas

Obs.: Quem desejar comentar este post, poderá faze-lo por email.

publicado por Sara Rocha às 11:31
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds