Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Persistência

 

 

Foto: Fernando Quintino Estevão

 

 

 

Era um caderno velho e cor de bronze, revestido a veludo gasto e cozido a linha branca como outrora eram as suas folhas; parecia uma tela pintada por um louco, de tantas que eram as manchas que continha na capa velha e suja. Possuía intactas duas folhas vazias, que já não eram alvas mas tinham aquele cheiro a vida vivida, aquele aroma que chegava sempre antes Dela... e que todos conheciam. Uma espécie de retrato inacabado, com pinceladas ora suaves e redondas, ora resultantes de movimentos espasmódicos e disformes, mas que conferiam uma harmonia de estranha viveza, cujo final, de tanto zelo do pintor, surgia impossível. O velho caderno persistia, teimoso e firme com páginas ainda vazias na esperança de um último poema, do derradeiro, do melhor, de um final que exigia feliz… ela já não escrevia, abandonara-se há muito. O caderno ainda era, ela já não. 

 

 Holly Golightly - Slowly But Surely

 

 

 Obs.: Fotografia sugerida por Nuno Gomes

            Quem desejar comentar o post, poderá faze-lo por email

publicado por Sara Rocha às 15:57
link do post | favorito
|
Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

ad æternum

 

Foto: Graça Loureiro

 

 

 

Devaneios,

paixões

angústia gritante

que mede a dor

com pulsações

de tempo que não é

senão uma fracção de nada,

um abismo desesperado

um silêncio

um sonho roubado

que não volta,

vagueia só, na memória

que é, que se solta,

espaçada, em fractais

fugazes, de um sentimento

que é passado,

isómero

do que sou,

e que me diz

o amor que era,

que foi,

mas que já não é

imenso, feliz

de profundis,

ad æternum...

 

 

 

 

Cocteau Twins - Evangeline

 

Obs.: Quem desejar comentar este post, poderá faze-lo por email.

publicado por Sara Rocha às 10:15
link do post | favorito
|
Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

Occhi

Foto:Graça Loureiro

 

 

Dov'e'...
Che il cielo
Tramonta
Quando scende
La tristezza
E invade gli occhi.

 

Tanti ricordi...

 

... come vorrei!

 

 

 

Occhi, Zucchero

 

 

tags: ,
publicado por Sara Rocha às 16:05
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Deep Blue

 

 

Tanto espaço,

tanto tempo,

desditosa luz,

efémero movimento

de ondas, que vêm

que vão, lascivas,

rebentam, alvas

em turbilhão,

...o despertar do teu rosto

que se afunda

numa maresia que exalta

um limiar de oceano

profundo de azul,

que me trás à memória

a falta,

momentos passados

felizes, sequências de beijos

que se estendiam salgados

em fins de tarde

com ventos de sul...

 

 

 

Olivia Ong: How Insensitive

tags: , ,
publicado por Sara Rocha às 15:18
link do post | comentar | ver comentários (38) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds