Terça-feira, 24 de Abril de 2012

Pêndulo


 

 


Atreve-te a escorregar.

Caminhando 

invocas o intangível corpo que te sustenta, 

na tua mão amarrado,

sequestrado,

equilibrado no baloiçar efémero dos sentidos,

rendido à chama dos silêncios envergonhados.

Olho a tua sombra e sinto a minha a escorregar.

Desato o tempo que rasga a tua luz,

e sem surpresas

atrevo-me a avançar.

 

 


 

Fotografia:Rita Silva - Galeria 1000 Imagens

Video: Radiohead  "No Surprises" - Youtube

  

 

 
publicado por Sara Rocha às 11:51
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. TIC-TAC

. SAUDADE

. Pêndulo

. IPSE DIXIT

. PÉRFIDA

. Ana

. SIBILA

. HERESIA

. ESTRIDÊNCIAS

. ZÉNITE

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds